21/08/2014

Entrevista com a casadinha: Jéssica Ferreira

    A entrevistada do mês de agosto é a Jessica Ferreira do blog Flawless Ladies!
Gente ela é uma fofa, super meiga!

Vocês já devem ter percebido que eu sempre começo com a mesma perguntar saudhasudh mas, vamos lá né?
  • Como começou a história de vocês?
Eu comecei a gostar dele quando tinha uns 13 anos... ele sempre passava de moto para fazer trilha bem pertinho aqui de casa, e eu sempre estava na rua pulando corda ou brincando de outras coisas, não sabia quem ele era, ou onde morava, resumindo, não sabia nada sobre aquele homem a não ser a hora que e os dias que ele passava em frente a minha casa. Mas lembro e não esqueço até hoje do olhar que ele me deu, fiquei completamente apaixonada, e olha que não sabia nem entendia nada sobre o amor, mas me senti leve, minhas mãos ficaram geladas e molhadas, meu coração acelerou, kkk. Depois desse dia fiquei uns 10 meses sem vê-lo, até que conheci uma amiga em comum com ele na escola, ou melhor o pai dela conhecia ele, lembro que comecei a fazer uma pergunta atrás da outra como se fosse polícia atrás de um suspeito... 
Até que descobri que ele morava num condomínio atrás da minha casa, eu como uma louca apaixonada resolvi ir até ele pra falar que estava gostando dele, mas quem disse que seria fácil assim, eu era muito tímida, nunca tinha falado com ele na vida, então a única solução que eu encontrei foi pedir para minhas amigas e primas, irem até ele para dizer que eu estava afim. As primeiras tentativas foram frustantes pois ninguém encontrava ele, e quando encontraram ele meio que não acreditou,achou que fosse palhaçada de pré adolescente até que um belo dia ele ficou sabendo quem eu era e resolveu vim até mim para a gente conversar, se conhecer. Lembro que estava indo levar meus irmãos na escola, quando ele passou umas duas vezes de moto na minha frente antes de falar comigo, estava tão nervoso quanto eu, mas me parou e perguntou se a gente podia marcar pra conversar mais tarde naquele dia, eu com vergonha, mas estourando fogos por dentro, respondi que sim. Ele me beijou no rosto e foi embora.
Eu fui pra casa toda feliz e toda nervosa pois não sabia o que ia vestir, o que ia falar, como ia ser, foi 'power" naquele dia, kkkkk. Fiquei a tarde inteira contando os minutos e os segundos para encontrar ele. Fui na escola, peguei meus irmãos e fui pra casa me arrumar. Enfim tinha chegado o dia tão esperado, o dia que eu ia descobrir se ele era meu príncipe ou apenas um sapo. Meninas acreditem se quiser, mas ele não foi, me deu o maior bolo, um banho de água fria, passei o resto do dia chorando, me perguntando porque ele não foi! No outro dia ele me procurou para pedir desculpas pois tinha ficado com medo de se envolver com uma meninas bem mais nova, na época eu tinha de 14 pra 15 e ele de 28 pra 30, e que podia rolar problema pra ele e por isso desistiu de ir me encontrar, dai minhas esperanças já estavam se esvaziando.
Mas eu não desisti e ele também não, resolvemos marcar mais cedo para conversar, nos conhecer melhor e dessa vez ele foi! Batemos um papo bem gostoso e ficamos como amigos durante uma semana e meia, até que fomos achando um no outro coisas em comum, quase os mesmos interesses, os mesmo gostos, enfim, o papo foi fluindo, a gente foi se conhecendo melhor até que (tchan, tchan, tchan, tchaaaaaan) rolou o primeiro beijo! Gente eu fiquei totalmente sem fôlego o que foi aquilo?! Vi estrelas!!! Foi tão bom, rolou química que ficamos quase meia hora nos beijando, beijinhos atrás de beijinhos! No mesmo dia ele me pediu em namoro, eu fiquei tão feliz na hora que disse sim, mas depois lembrei que tinha um pai "fera" dentro de casa, fiquei com tanto medo que falei pra ele que tinha que ser escondido por um tempo até eu encontrar uma maneira de conversar  e acalmar meu pai, ficamos namorando escondido uns quatro dias até que no quinto ele me levou pra escola de manhã cedo e voltou pra minha casa para falar com meu pai e perguntar se eu podia namorar com ele! Meu pai  ficou bem furioso, mas numa longa conversa viu que ele queria um relacionamento sério comigo. Meu pai e minha mãe permitiram, mas também colocaram um monte de regras em nosso namoro, como horário, local, dia, no começo foi muito complicado pois a gente queria muito ficar agarradinhos a todo tempo, mas eu tinha que estudar e ele trabalhar, caso contrário nada daria certo. Bem esse é o resumo do nosso namoro!!!

  • Meu Deus, que história?!!! Você me deixou sem perguntas dsahudh, mas vamos lá... O que as pessoas falavam da diferença de idade?
Ah, muita gente criticava, tantos meus amigos como os amigos dele, muita gente achava que não daria certo e várias vezes diversas pessoas tentaram nos separar, por inveja, falto do que fazer, não sei bem explicar, mas eu sempre tive um sentimento muito verdadeiro e puro por ele que Deus blindou nosso amor e estamos aqui até hoje!
  • Que lindo! É sempre assim né?! Sempre tem alguém querendo destruir, mas quando é de Deus o negocio anda! Você passaram quanto tempo namorando?
Sempre! Parece que a felicidade das pessoas são como mel, sempre atraí outros predadores querendo destruir, se aproveitar dela ao invés de trilhar sua própria felicidade, e é assim até hoje, sempre tem uma semente do mal. Então, a gente namorou uns três anos, até meus 16 anos. Ficamos noivos dois meses antes dos meus 17 anos, e cinco meses depois, descobrimos que iriamos ser papais! 


  • E qual foi a reação de seus pais ao descobrir a gravidez?
Nossa eu fiquei com muito medo do meu pai, muito medo mesmo, lembro que fui pra escola e logo depois tinha uma ultra marcada pois eu já estava desconfiada. Resolvi fazer a ultra porque era só ir lá e pagar, não precisava de acompanhante, como no exame de sangue, que minha mãe teria que me acompanhar por eu ser de menor, eu fiz e descobri que estava com 6 semanas (dois meses). Saí de lá chorando na maior felicidade só que eu não sabia como contar pra os meus pais, por incrível que pareça minha mãe foi no mesmo ônibus que eu estava, fomos para casa e por um descuido, deixei o exame na minha mochila enquanto fui trocar de roupa e fazer minhas obrigações, foi aí que minha mãe acho o exame e começou a falar horrores, aquilo só me apavorou mais. Então peguei o exame e fui mostrar pra meu noiva (atual marido) que ele seria pai, quando voltei pra casa meu pai estava no sofá me esperando, entrei em pânico, mas simplesmente um milagre aconteceu, ele me olhou nos olhos, me deu um abraço e me deu parabéns! Foi lindo!!
  • Que lindo *-* e hoje como é a sua vida de casada e mãe?

Bom, eu amo, não poderia ser melhor, eu tenho o melhor marido do mundo que não é só meu marido, é também meu amigo, meu cúmplice, meu irmão, meu pai, meu aliado, que sempre faz tudo por mim e pelo nosso filho, que move céus, terras e mares pra sempre estar atendendo nossas vontades, que é a melhor parte de mim, com certeza! Eu amo ser mãe, sempre sonhei em ter um filho pra cuidar, amar, dar carinho e beijinhos, ensinar, aprender, crescer e me conhecer junto com ele! Cada dia é um dia diferente, tem dias que são maravilhosos, outros nem tanto, mas a gente vai aprendendo juntos com nossos erros e acertos. Eu amo minha família, Deus não poderia ter escolhido outra melhor. Eles são os homens da minha vida, a gente até esta pensando em aumentar a família!!

  • E o que você menos gosta, na vida de casada e mãe?
Então, as dificuldades... Eu não estou trabalhando no momento e isso sempre provoca algumas brigas e a gente fala coisas que não era pra falar um para o outro, meu marido que sustenta a casa, não falta nada , graças a Deus, a gente tem até um vida boa, só que eu me sinto mal de não está trabalhando, de não poder ajudá-lo como queria e como ele merece, não estudo nem trabalho. E quanto as dificuldades em ser mãe... eu acho que é você criar um filho no mundo de hoje, é tudo muito cora, a gente mima demais e depois pra concertar é muito difícil, eu acho que a pirraça é o mais difícil de lidar, você tem que ter um bom diálogo e muito jogo de cintura... kkkk

  • Verdade... E qual o nome do seu filho? E quantos anos ele tem?
João Victor - 3 anos e 7 meses!

  • O que ser esposo faz que mais te irrita? E o que ele faz que você mais ama?
As vezes ele fala demais, isso me irrita!
O que mais amo, o romantismo dele, esses dias me acordou com vários beijinho e com um vazo de flores vermelhas, que ele sabe como eu amo flores, quanto a parte dos beijinhos é todo dia! Ah, a comida dele também, muito boa! <3

  • Agora quero que você deixe uma frase que marque a história de vocês!
"Toda história de amor é linda, mas a nossa é a minha favorita"



E essa foi a entrevista do mês de agosto, saiu cedo pra compensar o atraso da de julho uashd
Desde já agradeço a sua visita <3

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. a adorei a entrevista querida arrasou
    www.rennataferreira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tenha gostado <3
      Obrigada pela visita!!!! *-*

      Excluir
  2. Gostei muito da entrevista :)

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  3. que linda a historia deles hahaaaa ouwn *-*
    Seu blog cada dia melhor

    Bjuuuu
    http://umabonecamasnaodeporcelana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é linda mesmo!
      Fico muito grata por seu comentário!
      Obrigada mesmo <3

      Excluir
  4. Oi minha flor
    ótima entrevista arrasou a historia é muito linda
    bjss

    Batom&Blush |http://marilisdasilvadutra.blogspot.com.br/|

    ResponderExcluir
  5. Amo historias de casamentos, amo demais! Acho tão fofinho hihihi

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...